Trajetória :: Livros :: Galerias :: Fotos :: Poemas :: Crônicas :: Pensamentos :: Links :: Contato
   

 

CARTAS

Na carta, a saudade dos teus olhos
Teu beijo quente eu posso sentir...
E cada linha percorre todos os meus sentidos
O meu existir...

E a saudade em linhas marcadas
Contempla cada palavra
A poesia presente no teu existir

E lágrimas mancham
Cada palavra que li

Almas unidas
Que trilham caminhos distantes
Adentrando a cada passo vivido
O sentido da vida...

Corpos ausentes, presentes...
Na minha boca ainda molhada
Amor pleno e carente
No meu existir...

Em cada linha, leio, não apenas, palavras
E sim, cada marca deixada,
A vibração de amor
Eu posso sentir

Entre lágrimas derramadas, marcas nos lençóis
Em cada linha lida, marcada, inconsciente...
O gosto do teu beijo
A alma que explode de dor, fogo carente
No meu peito solitário e irrequieto
O amor para todo o sempre ...
Eu quero sentir

Margot Carvalho