Trajetória :: Livros :: Galerias :: Fotos :: Poemas :: Crônicas :: Pensamentos :: Links :: Contato

 

TEMPO

No rascunho do pensamento...

A marca registrada deixada
Profunda...

Teu sorriso, tua face, teu corpo
Tão vivo em mim
Não me deixa te esquecer
O tempo

de
apagar...

Hei de lutar, não ouvir tua voz a sussurrar
O perfume de teu corpo
A me falar
Palavras audaciosas
No teu jeito mentiroso
ardiloso
de
enganar
Nos olhos da saudade
Tua presença viva
Eu e você
Revelação contida, silenciosa
Sem vida...

O preço de tua ausência
Marcada por feridas
Enraizadas no meu peito
Dolorosamente contidas
Que sei não adianta tentar
Apagar...

No hoje, no amanhã, sem licença
Veio e se instalou, sem sinal de retorno
No meu corpo deixou, marcas do
amor

Minha cama vazia, ainda espera por ti
Meu corpo calado anseia por ti
Desisti de te esquecer
Meus sonhos
Saudade... saudade...
por ti vou
viver

Margot Carvalho