Trajetória :: Livros :: Galerias :: Fotos :: Poemas :: Crônicas :: Pensamentos :: Links :: Contato

 

IDENTIDADE

Sou indigente , impotente , jogado à vida
Não tenho casa, parente, não tenho comida
sou impotente , não sou gente

camuflado , no meio do mundo ,
aos perfis me igualo , sou gente ,
vou à igreja , assisto missa , tenho parente
dou esmola , recebo sorriso ,
uso óculos , tenho retrato na carteira de identidade,
sou eleitor...

no meio da vida , sou indigente ,não tenho retrato,
não sou eleitor...
à noite , debaixo de qualquer marquise
me enrolo em lençóis engomados ,
decorados com flores da vida
meu teto é o relento , as buzinas , a chuva , o vento ...
num dia desses , vou parar no I M L
para comprovação : “ INDIGENTE “

Medindo aproximadamente 1 m e 72 cm , cor parda ,
aparentando entre 35 a 40 anos , sem identificação .

Ficarei na geladeira por tempo determinado
não usarei mais lençóis engomados , decorados com flores
da vida ...
não vou mais fugir da vida ... da chuva ... do vento ...
do tempo ....
conquistarei meu lugar seguro
onde finalmente terei minha identidade

Margot Carvalho