Trajetória :: Livros :: Galerias :: Fotos :: Poemas :: Crônicas :: Pensamentos :: Links :: Contato

 

P E N S A M E N T O S

“A liberdade de voar em meus sentidos
É única pois, nessas horas
Navego em mim, sem obediência”

“Visto-me em letras para expressar o que penso e ouso escrever o que poderia ser...”

“Minha alma se desnuda num vulcão em ebulição que, eclode numa mistura desmedida de sensações, por vezes, em minhas telas, outras, através da poesia”

“Meus pensamentos navegam entre mares distantes e vêm aportar em forma de poesia”

“Somente o amor é capaz de mudar situações irreversíveis”

“A mudança do ser independe de fatores externos porque ela, esta incutida no “eu” de cada um, portanto o sol volta a brilhar com o seu “eu” despertar.”

“Viver o presente é forma inteligente, ignorar o passado é esquecer os frutos semeados”

“As sementes jogadas ao campo nem sempre semeiam frutos desejados mas a colheita é obrigatória.”

“Maneiras diferentes de pensar, às vezes, incoerentes, nem sempre são verdades universais e sim a verdade de cada um”

“A felicidade ou momentos felizes, está extremamente ligada ao nosso eu, portanto não a procure fora de si nem a deposite em corações alheios, esperando recompensa”

“O individualismo não deixa que o homem enxergue o seu próximo.”

“Cada dia, um caminho a seguir, cada segundo o recomeço constante”

“Palavras, quebra-cabeça do escritor”

“O ofício da palavra escraviza a Literatura”

“O segredo não se cala na alma do poeta”

“ O cálice borbulhante de sentimentos eclode diante da sensibilidade do espírito”

“Falo através de palavras que não se podem ouvir”

“ Meus lábios cerrados, sempre censurados, explodem num grito aflito de emoções, sem censura”

“ Ninguém é capaz de me conhecer como sou, nem eu”

“A democracia existe, quando o cidadão tem o direito de expô-la através das palavras, sem discriminação”

“ Desnudo sentimentos, sonhos, através da inspiração que eclode em mim a todo momento”

“ Se o vento sopra em todas as direções, certamente levará minhas palavras a algum lugar”

“ Para o poeta a vida é morte, quando lhe faltam as palavras”

“ As palavras pousam em mim como pássaros no ar, ou seja, ficam sempre a bailar”


“ A palavra é o meu vingar calado que ouço com o coração, com elas digo verdades que não ousaria jamais pronunciar”

“O que move o mundo não são QIS brilhantes, mas sim, corações que se dobram a necessidade humana.”

Sensações: auditivas, gustativas, olfativas, visuais, táteis, apenas suprem necessidades mas somente movendo os órgãos vitais do coração, poderemos evoluir como seres humanos que somos.

“ Veja o “SOL” em todas as dimensões, não deixe que ele se apague dentro de você”

MARGOT CARVALHO