Trajetória :: Livros :: Galerias :: Fotos :: Poemas :: Crônicas :: Pensamentos :: Links :: Contato

 

Em nome da beleza

Alguns cuidados básicos, utilizados pelas estrelas de televisão e cinema, eram copiados, já que o “dindin” era curto.

Iria ela desprezar as dicas das famosas? Jamais!

Levantava-se cedo e o ritual de beleza começava.

Abria a boca e fechava várias vezes, num ritual esquisito que o filho mais novo ficava observando sem entender.

Diante do espelho, caretas inimagináveis!

O menino, sem graça, não ousava fazer perguntas.

Rodelas de pepino no rosto, quietinha, deitada, sem se mexer.

Vá lá, isso ele já sabia! Pepino era bom para tudo, inclusive para a pele!

Noutros dias fazia uma máscara de mamão, mel e aveia e, num ritual introspectivo, como se não houvesse ninguém por perto, concentrava-se de verdade!

Sua mãe era realmente bela! A pele queimada, o rosto bem emoldurado, o cabelo a lhe cair pelos ombros, o manequim trinta e oito, ideal, invejável para qualquer mulher.

Suas refeições, rigorosamente, estavam dentro do padrão das estrelas. Adorava arroz e feijão, mas passava a semana inteira fazendo dieta e somente nos finais de semana se dava ao prazer de comê-los e, mesmo assim, só uma colherinha.

E lá ia ela trabalhar, impecavelmente arrumada e maquiada.

Em seu caderninho, dicas de beleza. Xuxa: pronunciar o A E I O U várias vezes, exercitava todos os músculos do rosto. Uma estrela internacional: mamão, mel e aveia, rosto aveludado, água de coco, para hidratar a pele e dicas enumeráveis que preenchiam todas as páginas. O caderno? Escondidinho no fundo da gaveta!

Todas as estrelas não usavam nenhum creme especial e nunca passaram por um bisturi ou outro procedimento.

Acredita? Se quiser, até pode acreditar!

Lorena não abria mão das dicas. Comprava revista das famosas e ia alternando ingredientes à sua dieta e beleza.

Passava abacate nos cabelos e eles ficavam sedosos de verdade! Enchia um prato de rúcula com agrião, alface, tomate e um pedaço de carne ou peixe.

Pegava sua bicicleta ergométrica e ficava malhando até cansar!

Não envelheceria caindo aos pedaços, isso ela garantia!

Chegara aos quarenta e cinco anos inteirinha! Olhava-se no espelho e via algumas rugas aparecendo. Dinheiro para plástica? Não tinha!

O que sobrava, às vezes mal dava para fazer uma hidratação na pele. O jeito era seguir as dicas de beleza das estrelas. Não havia alternativa!

Xuxa e Cláudia Raia eram o máximo para ela e, numa dessas novelas globais, a Cláudia, personagem, dava uma dica imbatível para manter a pele do rosto durinha e viçosa. Lógico que ia experimentar!

Chegou a casa com o embrulho, colocou-o no congelador. Fez uma mistura com argila, passou pelo corpo, ficou por quarenta minutos deitada, sem se mexer, retirou tudo com óleo mineral.

Com hidratante e açúcar, fez uma mistura, passou pelo corpo para a retirada das células mortas e novamente hidratou o corpo com o óleo.

Ia experimentar a receita da Cláudia, a personagem.

Com o mesmo ritual, não dispensou as dicas de belezas das famosas. Seu rosto estava uma seda! Agora o passo final!

Retirou o embrulho do congelador, quebrou as pedras bem miúdas para que desse o melhor resultado.

Estava sem coragem de fazer o teste de beleza, mas faria assim mesmo.

Olhou para o gelo picado, encheu os pulmões de ar e, num relance de coragem, enfiou o rosto com vontade na bacia.

O rosto ardia e ela corajosamente aguentava o mais que podia.

Os segundos eram intermináveis, mas com bravura, enfrentava o teste, desafiando sua falta de coragem!

Não dava mais! Vertiginosamente, sem respiração, não viu alternativa: ergueu o rosto.

Com espanto, viu que pedrinhas de gelo haviam se aglomerado em sua face e por dentro das narinas se instalavam, sem permissão, e negavam-se a sair.

Já estava ficando arroxeada, quando seu filho, desesperado, levou-a para o banheiro e a colocando-a debaixo do chuveiro, já quase desfalecida. Faltava-lhe a respiração!

Suas narinas entupidas pelas pedrinhas de gelo não a deixavam respirar!

A ambulância foi chamada e, em desespero, o filho batia-lhe no rosto com vontade, tentando reanimá-la.

Foi só um susto! Olhava-se no espelho verificando realmente que gelo faz bem para a pele!

Perguntava-se: teria coragem de fazer “o tratamento” novamente?

Margot Carvalho